Consulte a 2ª via Cemig pela Internet

0 Comments

A empresa Cemig tem agora a sua nova agência virtual que conta com muitos serviços interessantes para agilizar o dia a dia dos clientes, até mesmo a segunda via da conta você pode estar acessando nesse site, isso porque a empresa disponibiliza esse serviço para as pessoas poderem consultar, então é ele mesmo quem vamos aprender, passo a passo, como emitir. Por isso se você sempre precisa, mas não sabia da existência do mesmo online, saiba que é muito simples de consultar, e sem contar que a empresa não cobra nenhuma taxa, o que acaba oferecendo muito mais agilidade para você também.

2 Via Conta Cemig Energia

A 2ª via Cemig Energia está disponível no site, é um serviço que pode ser acessado a qualquer momento e em qualquer lugar, o que acaba lhe oferecendo ainda mais comodidade para resolver os seus problemas também, então entre no site e siga os procedimentos que vamos orientar passo a passo:

  • Site 2 via conta Cemig Energia: https://www.cemig.com.br/
  • Informe o numero da instalação
  • Informe o numero do CPF ou do CNPJ
  • Informe o código de segurança gerado
  • Clique no Botão “Enviar”

Site para Consultar 2 Via Conta Cemig Energia

Essa empresa faz questão de oferecer esses serviços para que seus clientes possam resolver os problemas sem sair de casa. Então não perca mais tempo e faça a consulta 2 via conta Cemig Energia na internet, no próprio site da empresa, conforme você viu acima, sempre que precisar, e a qualquer hora do dia. Isso sem ter que pagar nada e sem ter que sair de casa também para pegar filas em atendimento demorado nas agências de todo o Brasil, o que é muito comum, não somente nessa empresa mas também em qualquer outra.

Leia a seguir: Fortaleza encerra preparativos para Amistoso contra Maranguape.

Fortaleza Encerra Preparativos para Amistoso Contra Maranguape

0 Comments

Ferdinando Teixeira modifica equipe em relação aos últimos treinamentos.

Visando o amistoso contra o Maranguape, nesta quarta-feira, 20h, no Estádio Moraizão, o elenco do Tricolor de Aço encerrou os preparativos, na tarde desta terça-feira, 5, com um treino recreativo, em campo reduzido, no Parque dos Campeonatos.

Após o treinamento o técnico Ferdinando Teixeira ainda separou o time considerado titular, que irá enfrentar o gavião da serra, realizando um trabalho de cruzamentos na área e finalização. O time que iniciará o amistoso, desta quarta-feira, já foi definido pelo técnico leonino com: Lopes; Gilmak, Dezinho, Lino e Guto; Magal, Escobar, Luciano Sorriso e Pereira; Wellington Amorim e Gustavo. O meia Esley e o lateral direito Márcio Gabriel, sentindo cansaço muscular, ficaram de fora dos treinamentos e inclusive estarão ausentes do compromisso amistoso, de amanhã à noite, em Maranguape.

Ferdinando Teixeira falou na sala de imprensa sobre as mudanças na equipe tricolor. “Estou mudando porque preciso ver mais gente jogando, porque tenho que ter a tranquilidade, mesmo que desagradem alguns, para definir a equipe e tenho 20 ou 22 jogadores com amplas condições de serem titulares da equipe”, afirmou. Sobre Esley e Márcio Gabriel, que estão fora do amistoso, o mesmo afirmou que ambos têm tudo para serem titulares da equipe. “Não irão participar desse jogo os dois atletas, Esley e Gabriel, porém os dois têm toda condição para serem titulares na equipe, são jogadores que jogam em um ritmo muito forte, más não quer dizer que eles não serão titulares, é por isso que é bom para valorizar o grupo”, acrescentou. Ferdinando ainda concluiu dizendo que após os dois últimos amistosos definirá de vez a formação para o jogo de estréia contra o CRB, em Maceió.

Os ingressos para esse amistoso contra o Maranguape serão vendidos na Sede do Clube a partir de amanhã, às 9h, no Pici. Os preços serão R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (estudante). Afora o time titular ainda foram relacionados para o jogo amistoso os atletas: Fábio Lima, Bonfim, João Victor, Russo, Régis, Lêlê e Rodrigo Dantas.

Campeão mundial pelo Porto no Japão em 2004, Maciel é agora a estrela do Guarany

0 Comments

O atacante Maciel chegou ao Guarany de Sobral há um mês, para a preparação para a Série C (GUARANY/DIVULGAÇÃO)

O campeão mundial Maciel da Cunha já jogou em diversos times europeus e brasileiros. Desde o dia 16 de junho ele está contratado pelo Guarany de Sobral, que se prepara para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. Ele garante que não há diferença de jogar em times de divisões e países distintos. “Isso é normal. O importante é a gente mostrar o que sabe dentro do campo”, diz.

Maciel passou nove anos em Portugal e jogou em três times lusitanos: União de Leiria, Porto e Braga. Além disso, também esteve no Skoda Xanthi, da Grécia. “A experiência nesses times foi importante para aprender a jogar um futebol mais dinâmico”, avalia. Ele explica que o futebol europeu é jogado com toques mais rápidos e com muito mais tática e disciplina.

O reforço rubro-negro acredita que, dessa forma, os jogadores conseguem realizar as funções no campo com mais dinâmica e, assim, fazer o que o treinador pede. Em relação à forma brasileira, ele diz que aqui ainda se peca na disciplina, entretanto os jogadores têm mais técnica. “Como passei muito tempo fora, prefiro o jeito europeu de se jogar. Mas já estou me readaptando à forma brasileira”.

Além de conhecer outros aspectos do futebol, Maciel diz que aprendeu que o mais importante é ter honestidade em tudo o que faz na vida. “O futebol e o dinheiro não duram para sempre, mas os amigos sim”, diz. Apesar de a época europeia ter sido bastante proveitosa, o atacante não pretende voltar a jogar no outro continente. “Voltei para o Brasil por causa da saudade que estava dos meus filhos e da minha família. Estou feliz no meu país. Quero ficar por aqui mesmo”.

Maciel joga futebol desde os 19 anos de idade. Hoje, com 32, assume que já pensou em se aposentar quando voltou da Europa. “Já queria ter parado de jogar, mas minha família não deixou”. Atualmente ele planeja continuar na carreira de jogador por mais quatro anos.

PERFIL
Nome: Maciel Lima Barbosa da Cunha

Nascimento: 29/11/1978
Naturalidade: Caxias do Sul (RS)

Posição: Atacante
Altura: 1,72 m

Peso: 64 kg
Clubes: Volta Redonda, União São João, Cruzeiro, Guarani de Divinópolis-MG, Ituano, Bangu, Cabofriense, Atlético-PR, Madureira, Guarany de Sobral, União de Leiria-POR, Porto-POR, Braga-POR e Skoda Xanthi-GRE.

Títulos: Campeão português (2002/2003 e 2003/2004) e campeão mundial de clubes (2004), pelo Porto; campeão paranaense (2005) e vice-campeão da Libertadores (2005), pelo Atlético-PR; e vice-campeão da Série D (2011), pelo Madureira.

VICE DA SÉRIE D

Na última temporada o atacante Maciel defendeu o Madureira, vice-campeão da Série D, competição que teve título do Guarany.
32

Anos tem o atacante Maciel, que pode ser considerado um andarilho do futebol, pois já atuou por 14 times em 13 anos.

EXPERIÊNCIA NA EUROPA

O atacante Maciel é disparado o jogador mais experiente do grupo do Guarany, tendo passagens por Portugal e Grécia.

Derrocada do Icasa na Série B coincide com chegada do supervisor

0 Comments

O time começou bem a Série B sob o comando de André Turatto, mas depois que Guru assumiu o futebol os resultados negativos viraram frequentes no Romeirão

Juazeiro do Norte, CE, 17 (AFI) – O Icasa é um dos clubes mais complicados de se administrar no Brasil, e toda esta confusão pode causar um novo rebaixamento do time no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta terça-feira, mesmo jogando em seu estádio Romeirão, a equipe icasiana foi derrotada para o virtualmente rebaixado Vila Nova, por 1 a 0. Com 20 pontos ganhos, o Icasa está na zona do rebaixamento e dificilmente se recuperará na competição.

O Icasa vinha muito bem nas primeiras rodadas da Série B sob o comando do gerente de futebol André Turatto, ex-jogador da equipe, e do treinador Tarcísio Pugliese. Turato e Pugliese estavam conseguindo superar as dificuldades financeiras, políticas e estruturais com bons resultados e atingindo o objetivo de fazer o time do interior cearense permanecer na Série B.

Mas bastou a chegada de Guru, para atuar como supervisor de futebol, para o Icasa cair de rendimento e passar a figurar na zona do rebaixamento, onde a ida para a Série C de 2015 parece eminente.

Inicialmente quem saiu foi o treinador Tarcísio Pugliese, que sentiu que Guru estava boicotando seu trabalho e aceitou uma proposta do Ituano. Tarcísio Pugliese, que já havia feito bons trabalhos em anos anteriores no Icasa, chegou ao Ituano com a equipe em último lugar no seu grupo e, após assumir o time de Itu, conquistou a classificação antecipada e está na liderança do Grupo A7 da Série D Nacional.

Guru já havia Errado em 2011

Logo depois da saída de Pugliese mais divergências, e quem pediu para sair foi André Turato, deixando o Icasa totalmente desestruturado. Guru chegou durante o período da Copa do Mundo para auxiliar Turato, mas acabou criando confusões e constrangimentos, tudo com a omissão da diretoria executiva do clube de Juazeiro do Norte.

Guru é conhecido no Estado do Ceará como um profissional desagregador e que já havia montado o time do Icasa, rebaixado em 2011. Guru começou a ter atitudes estranhas, dispensando alguns atletas que vinham se destacando na Série B como o cabeça-de-área Foguinho, o meia Danilinho e os atacantes Bruno Nunes e Felipe Klein, este dispensado logo após ter feito o gol de empate do Icasa contra o Vasco. Além disso, questionou o fato de alguns jogadores indicados por ele não estarem jogando. Este jogadores, contratados por Guru, chegaram a dispensar e, depois, recontratados, como os casos do cabeça-de-área Rodrigo Vitor e o meia-atacante Bismarck.

Desagregador, Guru é natural de Fortaleza e foi contratado durante o período da copa do mundo, porém com as fracas contratações, o nível tecnico da equipe caiu, e provavelmente Guru será o responsável por mais um rebaixamento do Icasa.